Medicina Felina

O médico veterinário especialista em felinos é o profissional mais indicado para atender e tratar os gatos domésticos de forma precisa e personalizada, considerando todas as características e necessidades da espécie. No SOS Hospital veterinário temos consultório exclusivo para felinos e internação também exclusiva, com o uso complementar de cromoterapia e Feliway 24h (versão sintética do feromônio felino F3, que é produzido pelos gatos e transmite sinais de paz e tranquilidade). 

Doenças mais comuns

Entre as doenças mais comuns entre os gatos podemos citar a gripe ou doença do complexo respiratório felino, assim como o herpes vírus ou rinotraqueite, muito comum em filhotes. Também podemos citar diarreias parasitárias e alimentares, infestação por pulgas e piolhos, sarna (escabiose), sarna de ouvido (otoacaríase), fungos (dermatofitose), e alergias. 

Nos animais adultos observamos os tumores de mama em gatas, FIV (AIDS felina), FeLV (leucemia felina), PIF (peritonite infecciosa felina), micoplasma, toxoplasmose, doença inflamatória intestinal, pancreatite, diabetes, insuficiência renal (doença renal em gatos), rins policísticos, piometra, cardiomiopatia hipertrófica, tumor de pele, tumor de ponta de orelha (Carcinoma Solar ou Carcinoma Actínico), Carcinoma de nariz, síndrome de pandora, doença do trato urinário, obstrução uretral, intoxicação em gatos, corpo estranho linear em gatos, úlcera de córnea, glaucoma, estropio, catarata, obstrução intestinal, megacólon e fecaloma, entre outras.

Sintomas

Uma das dificuldades em identificar algo errado com a saúde dos felinos é que eles são muito discretos, praticamente “escondem” que estão doentes. Nesses casos geralmente só descobrimos algum problema quando a doença já está em estado avançado. Por isso é muito importante fazer avaliações periódicas com o médico veterinário especialista em felinos, mesmo quando o gato parece estar saudável.

Alguns sinais mais claros de que o pet pode estar doente são: espirros, olhos mais fechados do que o normal, corrimento nasal e vômito de bola de pelo. Atente também para o gato que bebe muita água, gato que urina demais, gato que não consegue urinar, gato com diarreia, perda de peso, ganho repentino de peso, gato que arrasta as patas de trás, feridas nas pontas das orelhas, gato que respira com dificuldade, miados diferentes do normal ou em excesso, mucosas amareladas (olhos e gengivas), gato com sangue na urina, gato com sangue nas fezes, gato com coco mole, desmaios e episódios de convulsões.

Exames

Após realizar o exame físico e avaliar o paciente, o veterinário especialista em felinos pode solicitar alguns exames para auxiliar na definição do diagnóstico, entre eles estão a ultrassonografia, a radiografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, mensuração de pressão arterial, hemograma, sorologia de FIV (AIDS felina), FeLV (leucemia felina, exame de urina e fezes, etc.

Tratamentos

Os tratamentos indicados pelo veterinário especialista em felinos irão variar de acordo com cada diagnóstico, mas podem incluir o uso de medicamentos, intervenções cirúrgicas, internação, alimentação terapêutica, shampoos, pomadas, entre outros.

Atendimento no SOS Hospital Veterinário

O atendimento de medicina felina no SOS Hospital é realizado pelo médico veterinário Arthur Petroli. Graduado em Medicina Veterinária pela UDESC de Lages, 2014, com vivência clínica em Portugal, Arthur possui especialização em Medicina Felina e formação em Anestesiologia Veterinária, ambos pelo Instituto Qualittas de Florianópolis – SC.

Como está a
saúde do seu pet?

Agende sua consulta